Clínicas e consultórios: diferenças sutis para projetos adequados

Clínicas e consultórios: diferenças sutis para projetos adequados

Clínicas e consultórios: diferenças sutis para projetos adequados

Em um primeiro momento, projetos de clínicas e de consultórios parecem ser idênticos, mas, de fato, não são. Há diferenças importantes para o arquiteto levar em consideração. O planejamento, a execução e as utilizações de uma clínica e de um consultório apresentam suas respectivas peculiaridades, que devem ser levadas em conta quando planejadas.

O arquiteto é responsável por pensar sobre quais serão as atividades desenvolvidas no local e de que maneira será feita a disposição dos ambientes, dos móveis, da iluminação, e das adequações legais. Essas são questões indispensáveis na arquitetura. O profissional elabora o projeto, portanto, pensando na funcionalidade, na segurança e no bem-estar das pessoas que frequentarão o ambiente: tanto pacientes, quanto profissionais.

O ambiente da área de saúde deve ser funcional, prático, moderno e, especialmen  te, diferenciado. Por isso, vejamos algumas diferenças sutis entre um projeto de clínica e um projeto de consultório.

Consultório

Em um consultório, os médicos se dedicam ao atendimento do paciente. Em muitos casos, há também procedimentos médicos, mas isso não é uma regra. Como o nome indica, o objetivo está nas consultas.

Diversos profissionais podem dividir o espaço de um consultório para oferecer seus serviços de saúde. Embora estejam juntos na mesma estrutura, a atuação dos médicos é independente. Cada um possui uma carteira de pacientes e uma secretária. Até mesmo suas marcas e identidades visuais são diferentes. Consultórios contemplam mais as marcas pessoais do profissional.

Clínica

Clínicas, diferentemente dos consultórios, abarcam uma estrutura maior e mais equipada e não têm por foco principal os atendimentos. A clínica poderia ser definida como um conjunto de consultórios, por isso, o seu projeto tende a ser mais impessoal, a fim de que os vários profissionais que nela trabalham sejam acomodados em ambientes harmoniosos com o propósito da clínica.

Embora as diferenças entre as duas propostas sejam sutis, depois que se compreende as finalidades de cada estabelecimento de saúde, elas tornam-se aliadas no processo de planejamento.

Ficou interessado em planejar um projeto para sua clínica ou consultório? Confira outros projetos incríveis que já realizamos:

http://carlaalmeidaarquitetura.com.br/segmento/clinicas-consultorios

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Domum – Aúdio, Vídeo e Automação

  • Sierra – Passo Fundo

  • Novo Tempo – Móveis Sob Medida

  • Formaco Tintas

  • Aljesa Esquadrias de PVC e Alumínio

  • Windowshow Casa das Persianas

  • Construtora Lemos e Queiróz

  • Polligesso Forros e Divisórias